Solidariedade: Rádios de Salvador se unem para ajudar ouvintes e pequenos empresários

Compartilhe com os seus amigos

Alô, Comunidade! A corrente do bem está se espalhando pelo Brasil. Dessa vez, oitos rádios da capital baiana fazem parte de um movimento de solidariedade, Rádios Solidárias.

O objetivo do movimento é levar uma mensagem de esperança num momento de crise. Fazem parte da ação a Bahia FM, GFM 90,1 e Jovem Pan, que fazem parte da Rede Bahia, além da Band News FM, Rádio Sociedade, Rádio Globo, Piatã FM e Itapoan FM.

A rede está promovendo uma corrente do bem em torno da população, dos ouvintes, dos profissionais autônomos, dos microempresários e dos anunciantes.

As ações trazem uma ideia de solidariedade e de união diante da crise instaurada pela pandemia do novo coronavírus.

Como funciona

O movimento conta com duas ações iniciais: uma delas é a transmissão simultânea às 12h e às 18h – em todas as emissoras que fazem parte do movimento – de uma canção que tem como objetivo espalhar uma mensagem positiva, de união e de esperança.

A música é o clássico Amanhã, de Guilherme Arantes, com interpretação do baiano Caetano Veloso.

O outro projeto, cujo nome é Vendendo Meu Peixe, idealizado pela Piatã FM, é voltado para os profissionais autônomos e todo o mercado anunciante em geral.

As emissoras irão transmitir mensagens dos próprios empresários, em que eles irão dizer qual serviço ou produto estão oferecendo e os meios de contato.

Tudo isso de forma gratuita e divulgado em todas as emissoras que participam do movimento.

Além disso, durante toda a programação, haverá mensagens de empresários que, mesmo durante a crise, não deixaram de anunciar nas rádios e acreditam no poder da superação.

O movimento vai apresentar exemplos de empresas que continuam acreditando que isso tudo vai passar, que a melhor solução é reinventar seu negócio, buscando maneiras criativas de fazer chegar seu produto/serviço às pessoas.

Para saber mais sobre o movimento acompanhe o perfil @radiossolidarias no Instagram ou entre em contato através do e-mail do movimento radiossolidarias@gmail.com.

 

 


Siga o Comunidade Notícia no Facebook e Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *