Fique esperto! Atividades marcam conscientização do Outubro Rosa em Salvador

Compartilhe com os seus amigos

Alô, Comunidade! Chegou Outubro Rosa! A cidade de Salvador será palco de diversas atividades de conscientização da sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

As ações promovidas pela cidade envolvem palestras, debates e exames gratuitos para a população, principalmente o público feminino (mais acometido pela doença).

Diferente dos anos anteriores devido à pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Salvador vai realizar o Dia D do Preventivo/Papanicolau exclusivamente por agendamento prévio nas unidades de saúde.

A medida visa evitar aglomerações, como recomendam as autoridades sanitárias para evitar a transmissão do novo coronavírus.

A estratégia vai disponibilizar exames para detecção do câncer do colo de útero e consultas médicas e de enfermagem para exame clínico das mamas, além de encaminhar mulheres para realização de mamografias.

Serão desenvolvidas, ainda, testagens rápidas para Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), dispensação de preservativos masculino, feminino e lubrificantes, além de atividades educativas sobre a temática, contemplando também a discussão acerca da saúde integral da mulher com orientações nas salas de espera das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Hospital Municipal

A partir da próxima segunda-feira (5), o Hospital Municipal de Salvador (HMS) vai oferecer para os Distritos Sanitários de Itapuã, Cajazeiras e Pau da Lima 35 exames por dia de ultrassonografias, sendo 20 marcações de ultrassom de mamas e 15 marcações de ultrassom transvaginal.

Os atendimentos acontecerão de segunda a sábado, no turno da manhã, e terças e quintas-feiras, no turno da tarde. A mulher que tiver interesse no serviço deve se dirigir à Unidade Básica de Saúde mais próxima para realizar a marcação através do sistema Vida +.

Outubro Delas

O Outubro Delas teve início nesta sexta-feira (2), com um encontro voltado para as mulheres assistidas no Centro de Atendimento à Mulher Soteropolitana Irmã Dulce (Camsid), localizado na Ribeira.

Na ocasião, foram promovidas palestras sobre o tema realizadas por profissionais da área da saúde, debates e depoimentos, além de música ao vivo. A atividade também será realizada no local nos dias 19, 21 e 23 de outubro, às 9h, com o público do Instituto Vencendo o Câncer (Ivecam).

No dia 30, às 14h, no Teatro Escola Jorge Amado, na Pituba, é a vez de uma ação de conscientização exclusivamente direcionada às mulheres surdas do Centro de Surdos da Bahia (Cesba).

A iniciativa envolve palestras sobre a importância do diagnóstico precoce para a cura do câncer de mama, debates e intervenções culturais com o Grupo Favela de Teatro.

 Números

De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de mama é segundo tipo que mais acomete mulheres no Brasil, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino.

Estima-se 66.280 casos novos da doença para cada ano do triênio 2020-2022. Esse valor corresponde a um risco estimado de 61,61 casos novos a cada 100 mil mulheres, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca).

Em Salvador, o câncer de mama já vitimou 178 mulheres de janeiro a setembro de 2020. O número representa uma redução em 35% na quantidade de óbitos em comparação ao mesmo período do ano passado, quando 276 pessoas faleceram em decorrência de complicações da doença.

 

Foto: Secom / Salvador

Informações Secom / Salvador

 


 

Siga o Comunidade Notícia no Facebook e Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *