Dia da Mulher: relembre 11 histórias protagonizadas por mulheres para se inspirar

Compartilhe com os seus amigos

Alô, Comunidade! Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, vamos relembrar algumas histórias fantásticas de mulheres que foram notícia aqui no Comunidade Notícia.

Determinadas, guerreiras, corajosas, inteligentes, amorosas são características que fazem da Mulher inspiração para o mundo.

Vovó halterofilista

A norte-americana Nora Langdon é uma idosa de 78 anos que faz halterofilismo e levanta 180 kg. Ela também faz agachamentos e posta as fotos dos seus desafios no perfil dela no Instagram, pra ninguém duvidar.

A atleta sênior, que também é conhecida como “Jazzie Nora”, bateu 19 recordes mundiais ao longo do caminho!

Entre seus melhores resultados estão um agachamento de 413 libras, quase187 Kg e um supino – levantamento de peitoral – de 203,9 libras, 92 Kg.

Que exemplo!

Foto: reprodução / Instagram

Da periferia de Salvador para as passarelas do Brasil

Da periferia de Salvador para as passarelas do Brasil e futuramente do Mundo! A história da modelo baiana Rebeca Farias, de 15 anos, mostra que podemos e devemos acreditar em realizar os nossos sonhos.

Ela, que é moradora da comunidade do Pé Preto, bairro Nordeste de Amaralina, em Salvador, foi descoberta aguardando na fila para receber uma cesta básica.

“Há três meses, eu fui buscar a cesta básica para gente no projeto Quabales. Ali, na fila de espera, o [músico] Marivaldo dos Santos, responsável pelo projeto, […] me perguntou minha idade e qual era meu sonho de vida. Eu disse que tinha 15 anos e falei na hora que queria ser modelo”.

Que inspiração!!

Foto: Divulgação/Fernando Torquatto – Rebeca Farias

Enfermeira empurra maca para salvar paciente

A enfermeira e um motorista de ambulância que caminharam por aproximadamente 2 quilômetros pela rodovia BR-230, a Transamazônica, empurrando uma maca com cilindro de oxigênio, para salvar uma paciente em tratamento da Covid-19, receberam uma linda homenagem.

A enfermeira Rebeka Fonseca e o motorista Wadson Diniz foram surpreendidos por uma criança durante o trajeto, no Pará. Os profissionais ganharam uma carta, assinada por Yasmin e Sabrina, que dizia:

“Parabéns pela atitude carinhosa e corajosa que vocês tiveram por uma pessoa que não conheciam. O mundo precisa de mais pessoas assim. Obrigado! Que deus o abençoe.”

Que amor!!

Foto: arquivo pessoal – Wadson e Rebeka no hospital

Estudante com paralisia Andressa Jerônimo realiza o sonho em concluir graduação em letras

Muitas pessoas duvidam da sua capacidade de realizar os próprios sonhos, mas a estudante com paralisia Andressa Jerônimo não deu ouvidos aos outros. Ela acreditou em si própria e superou todas as dificuldades e, aos 24 anos, formou-se em letras.

“É muito gratificante chegar longe, ainda mais quando um monte de gente não acredita em você”, disse. “Por isso, digo a crianças com deficiência: não acredite em quem não acredita em você. No final, a recompensa é grande.”

Andressa lembra como se fosse ontem do dia em que aprendeu a ler. Por ter nascido com paralisia cerebral e ser cadeirante, os professores da instituição que frequentava, exclusiva para crianças com deficiência, diziam que ela nunca aprenderia a ler ou a escrever.

Andresa, que vive em Orlândia (SP), diz que, não fosse a insistência da mãe, Maria Veríssima, ela provavelmente não teria sequer ingressado no ensino regular.

Que determinação!!

Foto: arquivo pessoal

Mulher enfrenta cobra e salva cão

O que você faria se o seu cachorro fosse atacado por uma cobra? Michelle van Schouwen não pensou duas vezes e enfrentou a cobra sem medo, e mesmo correndo risco de ser picada, salvou o cão de uma píton, em Queensland, na Austrália.

Que coragem!!

Canadense teve remoção completa dos seios e supera câncer de mama

“Os seios não me definem como mulher”. A frase é da canadense Christina Belding que teve a remoção completa dos seios. Ela teve câncer de mama, tipo de tumor que mais mata mulheres no mundo.

Christina Belding fez cirurgia para retirada das mamas, a mastectomia, que muitas vezes pode acabar totalmente com a autoestima de uma mulher.

No entanto, a canadense mostra que é possível superar tudo isso e ainda ajudar todas as mulheres que precisam superar a cirurgia.

Que superação!!

Foto: Instagram

Brasileira vai ajudar no combate à Covid-19 nos EUA

A cientista brasileira Luciana Borio foi chamada para ajudar no combate à Covid-19 nos Estados Unidos, em 2020.

O comunicado da equipe de transição diz que Borio é especialista em biodefesa, doenças infecciosas emergentes, desenvolvimento de produtos médicos e emergências complexas de saúde pública.

O convite foi da equipe de transição do governo de Joe Biden, antes mesmo da proclamação oficial do resultado das eleições nos EUA.

A cientista brasileira é pesquisadora sênior de saúde global do Conselho de Relações Exteriores americano e já foi diretora de preparação médica e de biodefesa do Conselho de Segurança Nacional do país e cientista-chefe interina da FDA.

Que exemplo!

Foto: divulgação

 Duas mulheres juntas conquistaram pela primeira vez o Nobel de Química

Duas mulheres juntas conquistaram pela primeira vez o Nobel de Química, pelo desenvolvimento de um método de edição de genoma.

Emmanuelle Charpentier e Jennifer A. Doudna são bioquímicas, e receberam o Prêmio Nobel de Química de 2020.

“Emmanuelle Charpentier e Jennifer A. Doudna descobriram uma das principais ferramentas da tecnologia genética: a tesoura genética CRISPR/Cas9”, disse a Real Academia Sueca de Ciências, para anunciar o prêmio de 10 milhões de coroas suecas, o equivalente a US$ 1,1 milhão.

Que dedicação!

Foto: reprodução/divulgação

Mulher encontra dinheiro paga o boleto com as notas e procura o dono pelo facebook

Uma mulher chamada Beatriz Galindo protagonizou uma bela atitude. Ela encontrou duas notas de R$ 200 e a fatura de um cartão de crédito perdidos, próximo ao Mercadorama, no Centro de Curitiba.

Beatria pagou o boleto com as notas e procurou pelo dono em uma publicação em um grupo no Facebook. A história conquistou o ‘like’ e os elogios de muita gente.

Que bondade!!

Surfista brasileira Maya Gabeira fez história ao pegar uma onda de 22,4 metros de altura

A surfista brasileira Maya Gabeira fez história no esporte e vai para o Guinness. A brasileira foi premiada na categoria “Maior Onda do Big Arwards 2020”.

Ela bateu o próprio recorde mundial feminino na semana passada ao pegar uma onda de 22,4 metros de altura, equivalente a um prédio de 7 andares.

O Big Waves Awards 2020 é considerado o Oscar das ondas gigantes.

Assim a WSL (World Surf League) validou e a Maya Gabeira vai para o Guinness World Records com o título de Maior Onda Surfada – Sem Limites – Feminino.

Que força!!

Foto: reprodução/divulgação

Mulher emagrece 100 kg e compartilha 5 lições de vida saudável

Contamos aqui uma história de muita determinação de uma mulher chamada Stacy Blair. Ela completou 30 anos em 2020, mas dois anos antes não sabia se ia sobreviver para ver esta data chegar.

Aos 28 anos e com mais de 150 quilos, Stacy decidiu mudar e retomar a vida. No caminho aprendeu 5 lições dessa jornada, que decidiu compartilhar com outras pessoas para inspirá-las a buscar o mesmo rumo.

Stacy credita seu sucesso a 5 mudanças no estilo de vida e compartilha com seus seguidores:

  1. Encontrar o seu “porquê”
  2. Reduzir alimentos
  3. Focar primeiro na nutrição
  4. Preparar suas refeições
  5. Seguir a dieta cetogênica

 

Que determinação!!

Foto: reprodução/divulgação

 

Parabéns, Mulher!! Você é a fonte de inspiração para todos nós!!

 

 

Em cada esquina tem uma notícia boa!! Divulgue!

 


Siga o Comunidade Notícia no Facebook, Instagram Youtube 

 

Imagem: Comunidade Notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *