Atelier Totonho promove exposição “Sisal: o Brasil na Contemporaneidade”

Compartilhe com os seus amigos

Alô, Comunidade! Vai ser realizada, entre os dias 13 a 27 de dezembro, a exposição “Sisal: o Brasil na Contemporaneidade”, no Ateliê Totonho, localizado na Ladeira do Carmo – Santo Antônio.

A abertura da exposição será no dia 13 de dezembro, a partir das 17h30, apenas para convidados e imprensa.

O público vai poder visitar a exposição de 14 até 27 de dezembro, de segunda-feira a sábado, das 9h às 17h.

O evento é livre para todos os públicos e com entrada franca.

Com o tema proposto “O Brasil na Contemporaneidade”, o artista plástico Totonho desafiou e cedeu o ateliê para as artistas, Kétsia, Negretta Moreira e Meduza apresentarem suas obras e, com ele, conduzirem a exposição “Sisal”.

A exposição é realizada por artistas independentes, negras, estudantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que não possuí fins lucrativos.

De acordo com a organização do evento, a exposição é uma resposta à falta de representatividade de artistas plásticas (os) negras e negros na UFBA e da necessidade de espaço para expor suas artes.

Exposição

Os trabalhos vão retratar a realidade brasileira por meio da metáfora do “Sisal”, que foi uma corda muito utilizada em instrumentos de tortura durante o período da escravidão e ditadura.

A ideia é ressignificar esse elemento, que levou muita dor ao povo negro e indígena, mostrando que podemos desatar os nós da corda e transformá-los em laços.

” A corda é forte e resistente, assim como nosso povo que resistiu e resiste até hoje às novas formas de tortura e de escravização. Através dessa historicidade do sisal, que compõem nossa exposição, vamos nos expressar no ambiente e nas telas”, afirma Juliana Sousa produtora cultural e criadora do conceito do evento.

Além do sisal, serão utilizados outros elementos que relacionam esse conceito à história do povo brasileiro na contemporaneidade, entre eles, folhas secas, velas aromáticas, bebida de ervas, chás e biscoito artesanais, que trazem cheiros e sensações da natureza que promovem um encontro com a nossa ancestralidade.

Para a abertura, a exposição terá poesia com Nutt Mc, que já participou de campeonatos de poesia no Slam das Minas BA e Batalha de Mc, campeã da Batalha de Mc do Hip-Hop Consciência da Virada Sustentável Salvador 2019.

Além de contar também com o músico Zéu Lobo, com voz, violão, e repertório de música politizada. Ambos irão complementar a experiência imersiva proposta para o público convidado.

Foto: Kétsia, Meduza,Totonho e Negretta Moreira

Serviço

  • O quê: Exposição “Sisal: o Brasil na Contemporaneidade”
  • Local: Local: Atelier Totonho – Ladeira do Carmo, 28 – Santo Antônio, Salvador (BA)
  • Data: 13 até 27 de dezembro de 2019 – Abertura: A partir das 17h30
  • Entrada: Franca

Mais informações pelo telefone: (71) 9 9133-2899 ou através do e-mail: julianasousaproducao@gmail.com

 


Siga o CN no Facebook e Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *